Void Indigo #02


Void Indigo #02
O princípio fundamental da cultura escapista é a negação sistemática do lado sombrio da humanidade. Instituições governamentais e trabalhistas, a mídia, o sistema educacional e os estabelecimentos psicológicos uniram as forças em uma tentativa de proporções sem precedentes de dar a humanidade uma cota de bens sobre sua própria natureza.

O mais profundo terror coletivo de uma cultura descoberto sobre o escapismo é a existência de qualquer força maior do que, ou fora de controle, o ego. Nossa matriz cultural corrente que, embora diminua Deus para caber em um adesivo para carro (“buzine se ama Jesus”), reformula os mistérios da alma humana como mero debate de psicologia e substitui a fascinação com efeitos especiais por curiosidade acerca do cosmos.

Contudo, o onipresente “ceifador” foi substituído por vampiros e zumbis que antes enxameavam nos filmes de terror. Violência gratuita cometida por humanos, mesmo com a mais fraca das motivações, é inteligível por um público que vive aterrorizado pelo desconhecido. Violência supostamente de origem sobrenatural, por outro lado, é quase sempre ambíguo quanto ao seu alinhamento com o bem ou com o mal, e nunca inteiramente compreendido em termos de consciência racional. Tal ambiguidade constitui uma profunda ameaça à supremacia do eu não mapeado do escapista, e então, os cinéfilos de hoje param de considerar a premissa toda como “irreal” ou “doentia”.

Da América, o Trivial: O Desfazimento do Mito na Cultura Escapista, por Delilah Stone,
Dekkion Press, NI, 1982 (Usado com permissão da autora.)

Para fazer o download (via DC++), clique no link abaixo:
Void Indigo #02 [MdHQ-Lemuria].cbr

Edição anterior.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s