Aviso


Tivemos notícias de alguns blogues e grupos de scans estão se aproveitando de nosso gratuito trabalho de levar a vocês que não possuem acesso a um acervo de revistas que demoram demais para aportar nestas paragens e/ou nunca chegarão, utilizando-o (ou se apropriando) como se fizessem parte do processo de feitura das mesmas, como, por exemplo, picotando uma revista para compor outra, fazendo cortes e alterando  tradução e/ou “margens”, etc. tudo isso sem ao menos se dignar a perguntar ou nos comunicar, como reza a boa educação, quando se trata de trabalho alheio.

Sabemos que não fazemos para nós, que quando lançamos uma revista traduzida ela é e se torna de todos, mas tenhamos um pouco de consideração, não avacalhem com o trabalho de quem dedicou seu tempo a isso, fazendo essas falcatruas apenas para ganhar ibope ou tentar se passar por membro de uma equipe.

Nunca negamos a estudar parcerias, tanto que temos diversas, mas nos reservamos o direito a não as fazer. Assim, qualquer revista que verem fora deste blogue NÃO é autorizado, podendo ter sido adulterado. Se virem aqui e em outro lugar qualquer, idêntico e sem tentativas de “melhorias”, estarão vendo o esforço de uma equipe que preza pela qualidade, apesar de inúmeros erros (pois somos humanos) e saberão que tal lugar é digno e de confiança.

Black Bison

Equipe Lemuria – Mochileiros dos Quadrinhos

25 comentários

  1. “como reza a boa educação, quando se trata de trabalho alheio.”

    disseram os piratas de quadrinhos que não dão a mínima satisfação e muito menos compensação financeira aos autores dos trabalhos originais”

    • SemHipocrisia, não ganhamos nada com o que fazemos, pirataria sem ganho é o quê? Quanto a compensação financeira dos autores originais, eles já ganham das editoras que se quisessem fariam um trabalho direito e ganhariam muito mais publicando aqui, num mercado que sempre foi o segundo do mundo para quadrinhos, corretamente. Esperar um ano ou mais por uma revista que se traduz em meia hora, e mesmo assim a editora atual ainda usa expedientes da época da Ed.Abril… bem, estou nesse meio há mais de treze anos e não vejo nenhuma mudança. A própria indústria da música mudou em relação à mídia digital, lá nos EUA, as editora começaram a vender digitalmente, então, no momento que não formos mais necessários, deixaremos de existir como incongruências, mas, até lá… E mais, eu compro revistas, sim, sou colecionador há anos e você? Não estou aqui duvidando que compre, pois não o conheço, mas se estiver satisfeito com a qualidade do trabalho e o tempo que se demora para ler, hoje, num mundo onde a notícia demora a ser conhecida menos que uma corrida de volta ao mundo do flash em mach 6, sinto muito.

      • pode argumentar como, vocês pedem respeito mas não respeitam os autores originais das obras, que não lhes deu permissões nem recebem por seus trabalhos

        ninguém os obrigou a traduzir nada, fazem esse trabalho porque querem e deveriam era agradecer pelas leis de direitos autorais serem arcaicas, confusas e até inexistentes, ou já estariam presos

        não sou contra a publicação de scans, de traduções amadoras nem de distribuição pirata, mas sua hipocrisia não é atitude digna

      • errata do primeiro parágrafo:

        podem* argumentar como quiserem*, vocês pedem respeito mas não respeitam os autores originais das obras, que não lhes deram* permissões nem recebem por seus trabalhos

      • Sem Hipocrisia, entendo seu lado, como em todo debate civilizado. Porém, respeitamos os autores sim, não deturpamos sua obra, somos todos fãs.Mas como eu disse, eles o recebem por suas editoras e quando aqui no Brasil tiver uma publicação decente, digna da nona arte, pararemos com tudo, eu, pelo menos. Mas esse negócio de pagar, só uma dúvida, quando você vai num sebo, você acha que o autor vai receber um centavo do livro que você comprou por metade do terço do preço de um novo? Qual a diferença entre mostrarmos uma obra de graça e um sebo que vende também sem pagar? Antes que venha me perguntar, sim, estou nos comparando a um sebo, apenas não vendemos e nem temos poeira para todo lado. (Aliás, adoro sebos, mas adoro muito mais uma boa livraria com livros novinhos.) Obrigado por participar do debate, pois só assim faremos crescer nossa tão querida arte, a arte sequencial e um futuro, que eu gostaria de ver bem próximo, sem grupos como os nossos, pois a distribuição oficial será eficiente, boa e com preço que caberá no bolso de todos.

      • também entendo o lado de vocês, e não estaria aqui se não consumisse suas traduções, que, sendo justo, são algumas das melhores

        mas acho a comparação com com um sebo equivocada, vocês estão mais pra uma biblioteca, etc

        agora, o problema do seu argumento é que o próprio ato de disponibilizar obras gratuitamente é um dos motivos da indústria estar minguando, assim como as gravadoras
        de música não são as mesmas de antes, porque qual editora vai querer pagar os direitos, ter o trabalho de traduzir, ter toda uma equipe de edição, etc, pra quando o quadrinho chegar nas bancas, aqueles que os comprariam já os tem em scans piratas?

        é um problema maior que nossa conversa aqui, e ainda sem solução, só achei a atitude de vocês incômoda, porque como podem criticar alguém de fazer com vocês o que vocês mesmos fazem com outros?

        também entendo a questão de qualidade do scan, da tradução, etc, mas a internet é isso, não é? assim como vocês pegam de fora, alguém pega de vocês, etc etc etc

        vocês não são donos do conteúdo, mesmo escolhendo (e essa palavra é importante) trabalhar sobre ele e o distribuir, pra fazer esse tipo de declaração que fizeram

        CONTINUEM, com o bom trabalho, mas prestem atenção à posição em que se encontram

  2. ola
    concordo com o que vc colocou.
    deveria haver mais parceria
    porque a finalidade da internet nada mais é o compartilhamento das informações.
    eu como leitor torço para que os HQ scans no brasil fique forte e também que possamos
    comprar as HQ fisicas para nao deixar morrer o mercado de quadrinhos no brasil
    (apesar dessa crise que pegou todos nós – OBRIGADO LULA!)

    • Sim, Bruce, os scans surgiram exatamente numa época onde a informação começou a ser compartilhada na velocidade do pensamento, as pessoas viram o que estavam perdendo e decidiram compartilhar com os outros algo que não tinha aqui, ou era muito mal feito. E, mesmo assim, somos desrespeitados em nosso sentido de consumidor ao esperar mais de ano por uma edição, ou nem ao menos vê-la aqui, nem em formato digital, onde os custos de produção são INFINITAMENTE inferiores aos de papel. Eu, como colecionador e amante de quadrinhos, gostaria de entrar numa comic shop, livraria, etc e ter material para escolher, ver a produção nacional crescendo e não ser mais necessários grupos como o nosso, pois poderíamos estar ali, fazendo parte da ajuda a cultura que são os quadrinhos.

  3. Bem, como tradutor amador há sete anos e antes disso, durante e depois comprador e colecionador de quadrinhos e amante da nona arte, nada vejo de ruim no trabalho que fazemos. E embora saibamos de todos os detalhes que possam retornar para nós como crítica, nada ganhamos com isso, na verdade, comparados aos demais, que só leem ou nem leem, abdicamos de parte de nosso tempo de lazer para produzirmos materiais que consideramos de qualidade e/ou relevantes para a cultura dos quadrinhos e somos sim vitrine para descobertas de histórias que JAMAIS serão lançadas aqui. Posso citar dois exemplos de trabalhos dos Renegados que jamais sairão por aqui provavelmente (The Sixth Gun e East of West), materiais de primeira que as editoras ignoram por não ser Marvel ou DC, ou mesmo dessas duas muita coisa não vem e o que vem, fazemos divulgação e se as pessoas gostarem podem comprar. Sou incentivador de comprar quadrinhos, acho os mixes horríveis, mas é o que eles podem fazer, mas os encadernados são boas jogadas e estão melhorando muito nessa parte. Enfim, estou me esticando demais e no que diz respeito aos demais grupos, espero que respeitem o trabalho alheio, está na internet, mas deve haver RESPEITO, pois somos uma classe em queda e os poucos que restam deveriam ser mais unidos. Mas sempre existirão esses trolls, infelizmente, em qualquer setor de qualquer meio.

  4. Acompanho o Mochileiro e algo que dá crédito ao blogue é a qualidade. Tenho certeza de ter sempre uma tradução de qualidade nas HQs de SW, que acompanho, em postagem regular. Já me deparei com sites que fazem scans tortos, com sequência de páginas erradas e postagem irregular. Acho que por esses motivos que ao dar exclusividade e apostar no trabalho do Mochileiros é uma forma de respeitar e fazer acontecer o trabalho do pessoal aqui. Vamos ficar de olho, galera! Quem acompanha os sites de scans, sabem que são poucos os que se prestam a fazer com seriedade sem ficar pedindo curtidas no Facebook.

  5. Bom dia Mochileiros!!! Sou responsável por um blog para ler HQs online e repasso o conteúdo de vocês.
    Considero muito o trabalho que vocês fazem, pois já traduzi, algumas HQs e sei o trabalho que isso dá.
    Gostaria de deixar bem claro que nunca tirei os méritos do grupo e sempre fiz questão de indica-los quando perguntado de onde vem as revistas, assim como outros grupos de tradução que acompanho… Tenho o Link pro Blog de vocês no meu Blog e agradecimentos a todos que fazem esse tipo de trabalho.
    Parabéns pelo Blog!!!

  6. Pra mim não existe no mundo o blog que reúna material de qualidade e tenha uma equipe competente quanto a dos mochileiros. Acompanho o blog a um bom tempo e aprecio o trabalho de vocês. Continuem firmes. Parabéns pelo excelente trabalho.

  7. A Abril canibalizou muito material nos anos 80 devido ao famigerado “formatinho”. Cheguei a ver histórias que tinham 20 páginas entrarem em Super Aventuras Marvel com apenas 2 páginas… absurdo! Por essas e outras que o trabalho dos Mochileiros e dos demais parceiros se faz tão relevante. Busca trazer este material de volta ao Brasil com total respeito ao original e a cronologia. Isso não é pirataria, é resgate de um tesouro destruído pelas editoras brasileiras…

  8. Excelente trabalho do grupo… o único blog e ou grupo que sei que posta os trabalhos dos mochileiros é o Blog do Grego e o Baú da Marvel, que possui diversas revistas e produções na parceria.
    Já postei no meu Blog (Marvete Sempre) trabalho dos Mochileiros, com o link direto do site, respeitando o trabalho e divulgando o trabalho de cada membro, pois sabemos que não é fácil. Realmente muitos blogs na internet, não divulgam a origem dos trabalhos e não colocam os devidos créditos do produtores dos scans… Sofro isso sempre. Mas não tem como controlar. Parabéns aos Mochileiros e continuem assim.

  9. Como sugestão, que tal inserir uma página final com alertas/avisos/trabalhos de vcs etc… e que tal inserir os
    logos de vcs e parceiros em todas as capas (além da principal, nas variantes tbm), e rezar pra que os
    invejosos de plantão tenham VERGONHA NA CARA.
    Talvez agora com esse alerta os pilantras saiam da área.

  10. Já fazemos isso em todas as capas, só não rola fazer nas páginas de história, pois poluiria o trabalho original.

    • Olá Oliverrá, acompanho e adoro seu trabalho… que tal dar nome aos bois, pode ser apenas um caso de mal entendido, assim a mensagem chega ao destinatário e tudo fica claro.

  11. Para:

    Black Bison

    Equipe Lemuria – Mochileiros dos Quadrinhos

    Nosso trabalho também é gratuito.Usamos sim partes do belo trabalho de vocês, não nos apropriamos do seu trabalho se você reparar damos créditos e divulgandos o ótimo trabalho de vocês, quanto a mudar os logos você deve estar se referindo a revista da Mulher-Maravilha v1 283 e as outras olhe isso https://s8.postimg.org/4ht3oyl1h/capa_ww_283.png
    veja que em nem um momento coloquei meu nome nos créditos mesmo fazendo a alteraçã do logo pra BR, veja também os créditos de tradução e diagramação.
    Veja esse outro exemplo https://s15.postimg.org/kho64bs8r/Mulher_Maravilhav1283_Md_HQLemuria0011.jpg . Mudei o titulo para BR mas veja nos créditos abaixo que só esta seu nome então aproveitei e melhorei as cores do scan, mas meu nome nem aparece. Quando comecei com os scans era e ainda sou fã do grupo Lemuria que na época se chamava retreatcomics (acho). Naquela época ninguem fazia scans antigos da Mulher-Maravilha tinha só umas 10 scans do volume 1. Vocês não sabem que sou viciado na Mulher-Maravilha, minha intenção não foi se apropriar do seu trabalho pra mim você é como um idolo pra mim porque faz justamente oque eu gosto, quanto a usas pedaços de edições dos Mochileiro nos demos os créditos também só acho desnecessario fazer o scan novamente sendo que vocês já fizeram e tem muita coisa da DC ANTIGA pra fazer.

    Desculpa se usamos os arquivos de vocês pra compor uma revista de 100 páginas. Nós do Baú da DC! Somos parceiros e amigos com o mesmo objetivo que é levar diversão e boa leitura a todos!

    atenciosamente
    MARCIO MAXY

  12. Pra mim isso tudo é mimimi, pois os créditos de quem fez o trabalho de tradução/revisão/diagramação são sempre mantidos. não vejo nenhum problema em se “´picotar” uma hq para compor uma outra, se isso significar aumentar o acervo de hqs. E acho também que não houve nenhuma falta de respeito, pois se somos parceiros, tem que ficar pedindo autorização? O objetivo aqui é aumentar o acervo, apenas e tão somente isso, não ficar criando disputa pra quem produz mais. Como foi dito acima, somos tão poucos para uma infinidade de hqs que precisam ser traduzidas, agora ficar criando celeuma quando não há necessidade, aí também é demais.

Os comentários estão desativados.