Vidas Ilustres #246 – Van Leeuwenhoek


Vidas Ilustres #246 - Van Leeuwenhoek
Durante muitíssimos anos, a humanidade ignorou completamente a existência de um universo habitado por seres incrivelmente pequenos, vivazes, tão perigosos quanto as feras da selva: os micróbios. Esses organismos não podem ser vistos a olho nu, se reproduzem aos milhões e são capazes de matar ou proteger até mesmo as pessoas mais fortes.

Anton van Leeuwenhoek, o sábio holandês que nasceu em 1632, foi o herói que descobriu o universo tremendamente vivo dos microorganismos.

Algumas pessoas da época de Leeuwenhoek não compreendiam seu talento e chegavam a dizer que ele “estava louco”, pois o viam até altas horas da noite inclinado sobre estranhos vidrinhos que ele mesmo fabricava. Mas nem as provocações, nem as condições que ameaçavam sua saúde com a fumaça que saía dos fornos onde preparava suas lentes de aumento, nem os acidentes de trabalho que muitas vezes o deixavam com as mãos cheias de curativos, puderam afastá-lo de seu trabalho, e assim, após muitos anos de esforço, pôde mostrar através de suas lentes a diversidade de animaizinhos que até então ninguém havia visto.

A obra do “primeiro caçador de micróbios” acabou sendo utilíssima para a humanidade.

Para fazer o download (via DC++), clique no link abaixo:
Vidas Ilustres #246 (Van Leeuwenhoek) [MdHQ].cbr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s